Viagem Vegana

Santuário Terra dos Bichos: visite, conheça e ajude!

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos é uma ONG localizada no município de São Roque (SP) focada em acolher animais vítimas de abandono, maus-tratos e tráfico ilegal. Em atividade desde 2007, hoje o local abriga quase 500 animais de mais de 17 espécies diferentes.

A primeira vez que ouvi falar do Santuário foi logo após o acidente das porcas do Rodoanel em 2015. No dia do acidente houve uma comoção enorme e 89 porcas (22 não sobreviveram) foram resgatadas pelos ativistas e levadas para o Santuário, onde desde então estão vivendo livres, bem cuidadas e felizes. Desde o recebimento das porcas, o Santuário ficou bem mais conhecido devido a grande projeção que o acidente ganhou em todo o Brasil. Inclusive, foi arrecadado um valor significativo através de uma “vakinha online” devido a ampla divulgação e sensibilização da população.

O Santuário foi fundado oficialmente em 2007 é coordenado desde o seu início pela Cintia Frattini, ativista da causa animal há mais de 30 anos. Hoje o local abriga 483 animais entre cachorros, araras, papagaios, cacatuas, galinhas, galos, patos, gansos, coelhos, chinchillas, ovelhas, cabras, bodes, cavalos, bois, vacas, coelhos, tartarugas e porcos. Todos resgatados de situação de risco provindos do comércio ilegal, laboratórios de testes, indústria de peles e etc.

Ultimamente o Santuário começou a realizar visitas monitoradas educativas com o intuito de arrecadar fundos e fazer as pessoas conhecerem de perto o projeto para se envolverem de alguma forma, já que toda a renda do local vem exclusivamente de doações e venda de comida vegana. Fui convidado para conhecer o Santuário na visita monitorada do dia 14/10 junto com uma turma super animada. Compartilho com vocês aqui um pouco de como foi este sábado inesquecível!

Saímos de manhã todos juntos aqui de São Paulo em uma van e chegamos no Santuário um pouco antes do almoço. Chegando lá fomos recebidos calorosamente por todos os cachorros e pela querida Cintia que nos contou a história do projeto e explicou como tudo funciona atualmente. Depois de um super bate-papo, seguimos em uma visita guiada pela própria Cintia (e pelos cachorros… rs) que nos levou para conhecer o viveiro das araras e tartarugas.

Santuário Terra dos Bichos
Foto: Larissa Maluf
Santuário Terra dos Bichos
Foto: Larissa Maluf

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Antes de continuar a visita, fizemos uma pausa para o almoço. Estava muito curioso para provar a tão famosa feijoada vegana da Cintia pois já tinha perdido as contas de tantas pessoas que me garantiram que foi a melhor feijoada que já comeram na vida.

Aproveitando o assunto, a Cintia coordena também uma cozinha no Santuário e vende comida vegana sob encomenda como uma das principais formas de gerar renda. Durante as visitas ou em qualquer dia, você pode encomendar com ela e combinar a forma de retirada/entrega. E gente, posso falar? Comprovei todas as opiniões que tinha escutado. A feijuca é uma coisa de outro planeta. Super saborosa, muito, mas muito incrementada com legumes e carnes vegetais. Acompanha um bifinho frito super crocante que é A PERDIÇÃO. Tive que trazer congelada pra casa!

Falando um pouco sobre o almoço oferecido durante a visita, ele é self-service e você pode comer até passar mal. Tem um buffet de saladinhas e mais alguns acompanhamentos da feijuca (couve refogada e farofa). E também tem sobremesa! No dia foi gelatina de ágar-ágar.

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Logo após o almoço, seguimos o tour e passamos pelos coelhos, chinchilla (só tem uma), galinhas, galos, patos, gansos e alguns porcos (não são ainda as do Rodoanel). Depois de uma pequena caminhada, chegamos nos cavalos, ovelhas, cabras, bodes, mais uma porca (que se acha ovelha e vive entre elas) e para terminar, chegamos no galpão onde ficam as porcas do Rodonel. Eu nunca tinha visto porcas tão grandes de tão perto! E o mais incrível é que elas são dóceis, é permitido você entrar e interagir com elas. Sensação única trocar olhares e acariciar um animal tão grande! Olhar bem fundo naqueles olhos, admirar toda a complexidade daquela vida e saber que milhares são mortos todos os dias não é algo fácil de se aceitar.

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Depois de muitos carinhos e brincadeiras no galpão das porcas, fiquei completamente enlamaçado e seguimos o passeio fazendo uma caminhada por dentro mata até chegarmos novamente ao local onde as refeições são servidas. E para finalizar o passeio ainda foi servido um café da tarde maravilhoso durante o nosso último bate-papo.

Nesta última comilança foram servidas muitas pastinhas e patês com pães e torradinhas, frutas e 2 doces que passei mal de tanto que comi: um pavê de chocolate e outro de amendoim. Só comendo pra saber!

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos

Santuário Terra dos Bichos
Foto: Larissa Maluf

Finalizando os assuntos, a Cintia nos contou que desde o resgate das porcas, o Santuário atingiu a sua capacidade máxima e não está podendo receber mais animais devido aos altos custos atuais que já estão no limite. Reformar recintos, veterinários, remédios, rações, energia, água, funcionários fazem o custo do Santuário variar de 20 a 23 mil reais por mês. Por isso é muito importante qualquer tipo de ajuda para que o projeto possa se manter.

O Santuário está aberto a outros tipos de doações além do financeiro, toda ajuda é bem vinda! Conheça todas as formas de se envolver com o projeto:
– Adoção: por maiores de 21 anos, é preciso ter espaço adequado para manter o animal e passar por entrevista na ONG Natureza em Forma.
– Apadrinhe um Porco: média R$300,00/mês, doe o que puder e/ou apadrinhe quantos forem possíveis.
– Doe Alimentos: por dia são 200kg de farelo de milho, 200kg de milho em grão, 100kg de farelo de trigo, legumes e verduras.
– Doe $: Contribuição pelo Pagseguro, Campanha Vakinha ou em Conta Bancária (Banco Itaú – Ag.: 3740, Conta Poupança: 29.930-4/500, Cintia Frattini).
– Encomende delicias veganas: encomende delícias veganas do Santuário: deliciasdosantuario@gmail.com
– Seja Voluntário: ajude com a meta de conseguir adoção ou apadrinhamento para 1 porco entre seus amigos.
– Evento Beneficente: desenvolva com seus amigos um evento beneficente: bazar, brechó ou almoço.
– Doe espaço na sua Mídia: rádio, TV, site, revistas, mídias sociais, vídeos para divulgarmos adoção e apadrinhamento.
– Imprima cartazes do Santuário e espalhe por onde puder: faça o download aqui.

Outra forma de ajudar o Santuário é participar das visitas monitoradas e convidar os familiares e amigos para irem juntos. A próxima visita será a última de 2017! Aqui vão todas as informações. Se programe para ter um dia inesquecível, vale muito a pena!
Data: 19/11 (sábado)
1) Preencher o formulário de inscrição: https://goo.gl/RiagFM
2) Envie o comprovante de pagamento para: vdevinka@gmail.com
3) Aguarde confirmação de inscrição e instruções para visita via e-mail.

A contribuição mínima por pessoa é de R$170,00 e inclui: 3 refeições veganas + transporte de van de ida e volta (Metrô Vila Madalena) + apoio aos animais do Santuário.
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/136164243697158/

E para finalizar este post especial do Dia Internacional do Veganismo, deixo aqui a minha sincera e enorme admiração pela Cintia que quem conhece de perto sabe o tanto que ela já fez e faz por todos estes animais. Manter o Santuário é um trabalho muito difícil, exige uma determinação e força de vontade sem tamanho em meio a sociedade que vivemos hoje. Mas ao mesmo tempo é um dos trabalhos mais nobres e inspiradores que eu já vi. Saber que aqueles 500 animais poderão ter uma vida descente até o final dos seus dias já faz todo o esforço valer a pena.

Termino o post compartilhando um acontecimento que a própria Cintia nos contou durante a visita. Ela disse que uma pessoa que conheceu o Santuário, sabendo de todo o esforço braçal e financeiro que o projeto exige, perguntou o porquê de se manter tudo isso sabendo que milhões de animais (inclusive porcos) são abatidos todos os dias no mundo inteiro e que sinceramente, estes 500 animais vivos não fariam a menor diferença. Então a Cintia respondeu:
– “Para você pode parecer assim, mas para estes animais, eu fiz toda a diferença.”

Visite, conheça e ajude! 😉

Santuário Terra dos Bichos
Telefone: (11) 99605-9554
Site: http://www.santuarioterradosbichos.org.br/
Facebook: facebook.com/santuarioterradosbichos/
Instagram: @santuarioterradosbichos
Email: terradosbichossantuario@gmail.com
Encomendas: deliciasdosantuario@gmail.com

Comentários

comentários

Tags:

Um comentário

  1. Victor foi um imenso prazer recebê – los aqui no nosso cantinho.. Muito obrigada pelo carinho, pelo ativismo e pelo olhar carinhoso com nossos bichinhos. Ah.. E obrigada pelo elogio a minha comida.. Ela é feita com muito amor principalmente pelo fato de nao ter crueldade!! Vcs serão sempre bem vindos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *