RestaurantesSorvetesVegano

Panda Express, o melhor vegano do centrão

O Panda Express, ou Panda Vegano, ou também Panda Vegetariano, é um restaurante vegano próximo ao Viaduto do Chá, no antigo centro. O self service segue uma linha gastronômica asiática-brasileira e oferece uma variedade gigante de pratos. Sushi, lasanha, moqueca, feiojada, vatapá, guiosa, rolinhos primavera, pastel e até sorvete soft. O Panda Vegano é, sem dúvida, mais um dos grandes novos destaques da rota vegana da cidade.

Nunca tinha ouvido falar do Panda até o dia que fiz o post sobre o restaurante Lótus, há 3 meses. Nos comentários, a Elyana Serio (fiz questão de ir procurar quem foi) comentou que o Panda era o restaurante oriental preferido dela. Então dei uma pesquisada sobre o lugar e também perguntei para alguns amigos, mas somente um deles conhecia e ainda só tinha frequentado uma única vez. Assim que voltei a trabalhar no centro já me programei pra dar uma corrida até lá e, surpreendentemente, encontrei um dos melhores veganos da cidade. Não poderia deixar de agradecer aqui a Elyana que mesmo sem querer, foi a responsável pela minha descoberta.

O Panda abriu suas portas há mais ou menos 2 anos como um restaurante ovolacto, mas para a nossa felicidade, desde meados de Outubro se transformou em vegano. Ele fica no 1º andar de um condomínio na rua Libero Badaró, a meio quarteirão da Praça do Patriarca. Por ficar um pouco escondido, é muito fácil passar na frente e não notar, mas quando for pela primeira vez fique atento que tem uma plaquinha bem na porta do prédio com as informações. É só entrar e subir os dois lances de escadas.

Panda Vegano

O esquema lá é self service por quilo e recentemente, para a alegria geral da nação, acrescentaram a opção de preço fixo para comer à vontade com um suco incluso. A comida segue uma forte influência asiática mas não deixa as brasilidades de fora. O cardápio varia constantemente e tudo vai depender do que tem disponível na época. O restaurante diz seguir uma filosofia de respeito à produção sazonal e também de incentivo a pequenos produtores.

O balcão de saladas é super completo e são em média 17 pratos. Além de folhas e legumes, sempre tem também outros itens como sushis, maionese, grãos, sementes para salpicar e também algumas frutas.

Panda Vegano 1
Enroladinho de berinjela (cenoura, repolho e repolho roxo), sushis de legumes, rúcula, alface, cenoura, salada de abacate e abóbora cozida.
Panda Vegano 2
Salada de repolho e cebola roxa, cenoura, maionese vegana de legumes, abobrinha em tiras, abóbora cozida, agrião.
Panda Vegano 3
Sushis de legumes, maionese vegana, cenoura, rúcula, vagem com cenoura, abóbora cozida, bifum com legumes e beterraba.
Panda Vegano 4
Cenoura cozida, couve-flor, abóbora cozida, rúcula, sushis de legumes e jiló.
Panda Vegano 5
Abobrinha em tiras, couve refogado, sushis de rúcula, cenoura, abóbora cozida e rúcula.

Todo dia também tem uma opção de sopa que fica em um balcão separado mais ao fundo.

Sopa de abóbora.
Sopa de abóbora.

O balcão de pratos quentes tem em média 22 opções e é lá que toda a magia acontece. É tanta coisa boa que toda vez acabo tendo que escolher o que deixar de fora, pois mesmo se você for experimentar um pouquinho de cada coisa acredito que não haja espaço suficiente em seu estômago. Dá tanto pra você fazer uma refeição mais “clean”  como também uma bem junk. Mas como o clima é meio budista, vamos pelo caminho do meio que é sempre melhor do que sair de lá passando vontade, rs.

Como qualquer bom restaurante asiático, sempre tem muitas coisas com molho agridoce, tofú, carne de soja, massas e frituras. São tantos destaques que desta vez vou precisar separar em categorias. Começando pelas massas, as lasanhas ganham em disparada. Sempre estão super recheadas, vale a pena dedicar um espaço no estômago. Na categoria pratos temáticos, a moqueca, a feijoada e o vatapá são divinos, e como vocês podem ver, tem dia que o prato fica pequeno demais pra tanto amor.

Prato 13 - Restaurante Panda Vegano
Lasanha de berinjela com pts, rolinho primavera, feijoada, arroz integral com legumes, empanado de soja e moqueca.

Taí a prova de que vegano pode almoçar sem nenhum verde no prato, rs.

Prato 14 - Restaurante Panda Vegano
Strogonoff de soja, arroz, banana empanada, rolinho primavera romeu e julieta, torta de escarola, guiosa de pts, berinjela empanada e arroz moti.
Prato 12 - Restaurante Panda Vegano
Mapo-tofu (tofu com picadinho de soja apimentado), purê de mandioquinha, vatapá, arroz de paella, mini pizza de vegarela e onion rings.
Prato 11 - Restaurante Panda Vegano
Noque de mandioquinha.

As frituras também estão presentes todo dia e é outra característica forte da casa. Os destaques: pastelzinho de Mandiokejo e o rolinho primavera romeu e julieta (com Mandiokejo e goiabada). Além destes, sempre tem também banana empanada, mandioca frita, batata frita e alguns outros fritos.

Prato 8 - Restaurante Panda Vegano
Pastelzinhos de Mandiokejo.
Prato 9 - Restaurante Panda Vegano
Arroz com legumes, rolinho primavera, banana empanada, guiosa de pts, yakisoba, lasanha de berinjela com pts, almôndegas de soja.
Prato 10 - Restaurante Panda Vegano
Broto de bambu com glúten, bife de soja, torta de legumes, bolinho de arroz, batata doce empanada, espinafre com soja, abobrinha recheada com pts, guiosa e arroz com feijão fradinho.

Depois de tudo isso fica difícil sobrar espaço pra sobremesa, mas pra quem aguentar sempre tem algum doce do lado da balança que é cobrado à parte. Na maioria das vezes é uma torta/pudim de coco com cobertura de ameixa ou banana, vale a pena provar.

Pudim de coco com calda de ameixa.
Pudim de coco com calda de ameixa.
Sobremesa 1 - Restaurante Panda Vegano
Pudim de coco com calda de banana.
Sobremesa 4 - Restaurante Panda Vegano
Tortinha de coco com calda de banana.

Mas além disso, todo dia tem sorvete soft, e este é cortesia. Ele é feito à base de soja e sempre tem 2 sabores. O esquema também é self service, então pode se entupir à vontade.

Sobremesa 2 - Restaurante Panda Vegano
Sorvete de milho.
Sobremesa 3 - Restaurante Panda Vegano
Sorvete de chocolate.

Outro item cortesia da casa são os chás e o café. Tem um máquina de café bem de frente à porta de entrada com alguns sabores de chás de saquinho em cima. Sempre bom pra ajudar a dar uma assentada na comida.

Chá - Restaurante Panda Vegano

O local está sempre movimentado nos horários de pico, mas nunca fiquei sem uma mesa. Tem dias que está quase lotado e outros bem tranquilo. Se quiser garantir que todos os pratos ainda estarão lá é bom chegar até as 13:00. O serviço é excelente e todos os funcionários sempre foram muito simpáticos. Aproveito para agradecer ao Gene, o proprietário, por toda a atenção e dedicação à culinária vegana.

Como disse no começo, o Panda é, com certeza, um dos melhores restaurantes veganos da cidade. Pra quem trabalha ou transita pela região é a pedida certa. Quem não pode se deslocar até lá de semana, ainda dá pra frequentar aos sábados.

Mais um paraíso vegano para nossas listas, não deixe de conhecer!

Aberto: de segunda a sexta-feira e aos sábados.
Horário: de semana: das 11:30 às 15:00. Sábado: das 11:30 às 15:30.
Endereço:  Rua Líbero Badaró, 137 – Centro – Mapa aqui.
Serviço: self service.
Preço: buffet por quilo: R$3,99/g. Buffet à vontade: R$26,00 com um suco incluso. Sobremesa fatia: R$3,00. Suco: R$4,00.
Telefone: (11) 3106-1720

Mais informações: Site

Comentários

comentários

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *