Doces e afinsRestaurantesVegano

Laut: o novo espaço vegano, orgânico, glúten free e crudívoro da Rua Augusta

Laut Gastronomia

O Laut é um minúsculo espaço gastronômico vegano, orgânico, glúten free e focado em alimentação crua localizado na Rua Augusta, próximo ao cruzamento com a Rua Luís Coelho. Na ativa desde dezembro do ano passado, o Laut serve refeições completas crudívoras: entrada, prato principal e sobremesas inacreditáveis.

Fiquei sabendo do Laut pela primeira vez através de alguns seguidores do blog que comentaram comigo sobre a abertura do espaço. Marquei na minha infinita agenda (que agora está online) e já alguns dias depois a proprietária do espaço, a Katrin Warkentin, entrou em contato comigo me convidando para conhecer o espaço.

O Laut é uma portinha minúscula que fica quase no final da Galeria Augusta Shops, ao lado do Pastel da Augusta e quase de frente ao Maoz. Entrando na galeria, você anda um pouquinho e já avista a plaquinha lá no fim da ruazinha. O espaço conta somente com 2 mesinhas do lado de fora e um mini-balcão na parte de dentro.

Laut Gastronomia

Laut Gastronomia

Laut Gastronomia

Chegando lá fui recebido pela própria Katrin, que já de cara me transmitiu uma tranquilidade de outro mundo.

Antes de se dedicar totalmente a gastronomia, a Katrin era diretora de planejamento estratégico em uma grande empresa aqui em São Paulo. Foi depois de vários workshops de alimentação saudável na sua escola de Yoga que ela acabou conhecendo a Manuela Scalini, a super renomada chef de raw food. Depois desse encontro, a Katrin se apaixonou pelo assunto e desde então, a gastronomia raw tomou conta dos seus interesses. Então aos poucos ela foi planejando sua transição de área, pediu demissão e quando menos esperava, já estava embarcando com seu filho de 1 ano e já grávida de 5 meses do segundo, para a Califórnia fazer um curso intensivo de raw food na Matthew Kenney Culinary Academy, em Venice Beach.

De volta ao Brasil, a Katrin já começou a dedicar toda a sua energia a gastronomia e foi assim que surgiu o Laut. Nas palavras da Katrin: “Laut significa som alto em alemão. Para delimitar a característica mais marcante de “raw food”: cores vivas > enzimas e nutrientes preservados > digestão facilitada > muita disposição. Um grito de alegria na sua vida. Laut é o sonho de reconectar as pessoas com a alimentação. Com o sentar-se à mesa. Com a comida bem feita, a partir de bons ingredientes. Igualzinho era na casa da minha Oma (avó em alemão). Tudo feito em casa, pelas mãos pequenas e gordinhas dela. Cheirinho de especiarias no ar: cravo, canela, zimbro, noz moscada, cardamomo.”

Laut Gastronomia
Katrin Warkentin – Foto: divulgação Laut

A ideia inicial do Laut era ser uma cozinha experimental, somente um espaço onde as pessoas comprassem uma coisinha rápida e super saudável para comer alí mesmo ou levar pra casa. Mas a ideia foi evoluindo e recentemente o espaço começou também a servir café da manhã e refeições durante o almoço.

Como vocês devem imaginar, na cozinha do Laut não tem fogão! Lá todos os pratos são feitos com ingredientes crús e processos de germinação, fermentação e desidratação. Tanto o alimento crú quando estes processos, preservam ou até mesmo potencializam ainda mais o poder nutritivo dos alimentos.

Os itens servidos são combinações super saudáveis, leves, elaboradas e refinadíssimas. De manhã é possível pedir um café coado com leite de amêndoa, uma granola com frutinhas da estação ou uma infusão. O cardápio do almoço varia toda semana pois depende da época e dos ingredientes orgânicos disponíveis: mais folhas e brotos na primavera, frutas no verão, legumes suculentos no outono e raízes no inverno.

Mesmo com praticamente 3 meses na ativa, o Laut já tem alguns destaques que conquistaram seus primeiros clientes: os cheesecakes, os brigadeiros de castanha de caju, a granola, o cebiche de lichia, a sopa de cenoura (com picadinho de pepino, maçã verde e rabanete), o pão de banana, o chia pudding com chai cream, a torta de chocolate com damasco e o ravioli de beterraba (com pistache, ricota de macadâmia e molho de pinoli e pimentão amarelo). E isso foi só o começo!

Eu visitei o espaço na sexta-feira passada por volta das 13hs. As duas únicas mesas estavam ocupadas, mas esperei alguns minutinhos ali mesmo e deu tudo certo. Para o almoço o esquema é o seguinte: entrada, suco, prato principal e sobremesa por R$50.

A entrada foi um delicioso Bobó de “camarão” de castanha de caju. O creme laranja é feito com abóbora, inhame, azeite de dendê, pimenta dedo-de-moça e cebolinha. Os camarões são substituídos pela castanha de caju crua, hidratada no urucum para adquirir aspecto rosado. Além disso, a receita leva coentro, pimentão e tomate, guardando a referência baiana. Também rolou um suco de beterraba com amora e um kale chips para acompanhar.

Bobó de "camarão" de castanha de caju - Laut
Bobó de “camarão” de castanha de caju.
Suco de beterraba com amora e kale chips - Laut
Suco de beterraba com amora e kale chips.

O prato principal do dia foi a Salada LAUT: folhas de agrião, pedaços de laranja valência, amêndoas defumadas e caramelizadas, carpaccio de maça verde, queijo à base de castanha de caju e macadâmias fermentadas (temperado com limão, sal, levedura nutricional e enrolados na semente de erva-doce) e para finalizar, o molho com licor de Tanat, azeite e cebolinha. Meu Deus, que sinfonia! Fiquei impressionado com a combinação dos sabores!

Salad Laut - Laut
Salad Laut

E ainda consegui provar as 2 sobremesas do dia: o Chia Pudding com chai cream (com pitaya e carambola) e o imbatível Cheesecake de maracujá. Sua crosta é de figo seco, castanha-do-pará e especiarias. O “cheese” é feito a partir da castanha de caju, macadâmias fermentadas, suco de maracujá puro orgânico, açúcar demerara e óleo de coco. E a cobertura é de mirtilo! Sabor e textura inacreditáveis!

Chia pudding com pitaya e carambola - Laut
Chia pudding com pitaya e carambola.
Cheesecake de maracujá - Laut
Cheesecake de maracujá.

Como o espaço é pequeno, é bem provável que se você for na hora de pico talvez role uma espera. São somente 2 mesas que comportam até 3 pessoas. A Katrin me contou que atualmente está servindo uma média de 8-10 pessoas por dia para o almoço. Então já vá sabendo que realmente é algo que está no seu início, tudo é feito com muita calma e são poucos pratos servidos por dia. Por isso é legal dar uma ligadinha antes para confirmar.

Pra quem não quiser almoçar, também é possível passar lá para comer um docinho, tomar um café ou as outras coisinhas fixas: sobremesas (R$10-R$14), kale chips (R$14), energy ball (R$6), brigadeiro (R$3), granola (R$23), flatbread (R$10), smoothies (R$16), café coado orgânico (R$4 e com leite de amêndoas R$6) e o shot de gengibre, cúrcuma, limão e capim santo (R$7).

Laut Gastronomia
Energy balls.

Sobre as ideias futuras, a Katrin me contou que o próximo passo será lançar um blog com e-commerce onde será possível encomendar várias de suas criações e acompanhar todas as histórias dos pratos. Além disso, ela também quer começar a oferecer cursos e fazer parcerias para pontos de venda.

E foi assim então a minha primeira visita ao Laut! Só fui uma vez mas já estou apaixonado por este lugar! <3

Katrin, parabéns pela iniciativa e por este seu lindo e inspirador projeto. Que seu amor pela gastronomia cresça a cada dia juntamente com o sucesso do Laut! 🙂

Laut – Cozinha para os sentidos
Aberto: de segunda à sexta
Horário: das 8hs às 17hs
Serviço: restaurante e lanchonete
Local: Rua Augusta, 1524, lj. 48, São Paulo/SP – Mapa aqui
Telefone: (11) 99198-2989
Facebook: Laut
Instagram: @lautgastronomia

Comentários

comentários

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *